Busca avançada                              |                                                        |                            linguagem PT EN                      |     cadastre-se  

Itaú

HOME >> ACERVO ON-LINE >> COLUNAS >> COLUNISTAS >> Leny Kyrillos
COLUNAS


Leny Kyrillos


Fonoaudióloga pela Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina, Especialista em Voz pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia – CFFa, Mestre e Doutora em Ciências dos Distúrbios da Comunicação pela Universidade Federal de São Paulo. É comentarista da coluna semanal Comunicação e Liderança na rádio CBN. Personal & Professional Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Professora convidada do Curso de Especialização em Distúrbios da Comunicação Humana da Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina.

É coautora dos livros Voz e Corpo na TV – a fonoaudiologia a serviço da comunicação (editora Globo – 2003) e Comunicar para liderar (editora Contexto - 2015); organizadora dos livros Fonoaudiologia e Telejornalismo (editora Revinter – 2002, 2003 e 2004) e Expressividade (editora Revinter – 2004), além de autora de várias publicações científicas, nacionais e internacionais. 

Ainda participa da consultoria e assessoria de comunicação de diversas empresas, instituições financeiras e políticos e é responsável pelo atendimento a profissionais de rádio e televisão.

"Quem não se comunica... Se trumbica!"

              Publicado em 29/06/2015

Quem não se lembra da frase do saudoso Abelardo Barbosa?

Chacrinha fez história na televisão brasileira, com um programa irreverente, de muita proximidade com o público e com muita naturalidade. Ele se negava a fazer as coisas de modo formal... E está mais na moda do que nunca!

Hoje a televisão e o rádio buscam muito essa naturalidade, um jeito espontâneo de falar com as pessoas, autêntico, verdadeiro. É um processo difícil, mas estamos caminhando para essa transformação!

Já o Chacrinha fazia isso tranquilamente... Seu programa tinha uma super audiência, vendia qualquer coisa que ele anunciasse e o número de fãs só fazia crescer. Foi realmente um fenômeno da boa comunicação! E o resumo de seu jeitão era: seja você mesmo. Temos muito que aprender com ele!

O seu mau humor era conhecido por todos. E ele não fazia a mínima questão de disfarçar! O fato é que as pessoas aceitavam porque era autêntico, sem artificialidade. Artificial seria tentar fingir que ele estava bem! As pessoas podiam gostar ou não gostar, mas ele era fiel aos seus sentimentos. Portanto, autenticidade é outra lição que ele nos deixa.

Outra característica relevante era a sua proximidade com as pessoas. O velhinho falava com a mesma simplicidade com o homem do povo e com o artista que ia se apresentar. Sempre debochado, irreverente! Esse jeito informal atraía a atenção e encantava.

As suas mensagens eram transmitidas de um modo simples, direto e objetivo. Ele usava a linguagem nossa de cada dia, sem rebuscamento, com palavras conhecidas e habituais da maior parte das pessoas.

A presença extravagante também chamava muito a atenção. Suas roupas brilhantes, coloridas, as cartolas, os acessórios inusitados roubavam a cena e eram estímulos mais chamativos que eventuais outros, capturando a nossa atenção e mantendo relação de interesse. Ponto pra ele!

Vale a reflexão a respeito dessas singelas lições de comunicação que ele nos deixou. Está em cartaz a peça “Chacrinha – o musical”  no Teatro Alpha, em São Paulo. Stephan Nercessian dá vida divinamente ao nosso apresentador! É muito interessante observar as mudanças no padrão de comunicação que caracterizaram os diferentes momentos que ele viveu, bons e ruins. Foi uma vida intensa!

A história nos mostra, também, que desde criança ele sonhou em fazer algo diferente. E essa grande mensagem, de sonhar e realizar, também foi uma grande lição deixada pelo excelente comunicador.  


Os artigos aqui apresentados não necessariamente refletem a opinião da Aberje e seu conteúdo é de exclusiva responsabilidade do autor. 1177

O primeiro portal da Comunicação Empresarial Brasileira - Desde 1996

Sobre a Aberje   |   Cursos   |   Eventos   |   Comitês   |   Prêmio   |   Associe-se    |   Diretoria   |    Fale conosco

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ©1967 Todos os direitos reservados.
Rua Amália de Noronha, 151 - 6º andar - São Paulo/SP - (11) 5627-9090