Busca avançada                              |                                                        |                            linguagem PT EN                      |     cadastre-se  

Itaú

HOME >> ACERVO ON-LINE >> COLUNAS >> COLUNISTAS >> Marco Antônio Eid
COLUNAS


Marco Antônio Eid


Jornalista, escritor e executivo da área de comunicação, é Diretor de Conteúdo da RV&A (Ricardo Viveiros & Associados - Oficina de Comunicação).

Uma lacuna na comunicação

              Publicado em 24/02/2014
Ao me aventurar nas redes sociais nos finais de semana, constato, assustado, a confusão que muitas pessoas fazem quanto às atribuições da União, Estados e municípios. Alguns exemplos: culpa-se a prefeitura pela ineficiência do combate ao crime e pelo aumento tarifário dos transportes metropolitanos intermunicipais; atribuem-se ao Governo Federal responsabilidades quanto à má qualidade do Ensino Fundamental e do Médio nas escolas públicas estaduais; e se imputam responsabilidades ao Governo do Estado pela não construção do trem-bala entre São Paulo e Rio de Janeiro.
 
A confusão também abrange o papel dos poderes constituídos. Já vi gente cobrando ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, a elaboração de lei de rebaixamento da maioridade penal. E há aqueles que reclamam aos magistrados o caráter inapropriado de algumas leis, como se fosse dos juízes e não dos parlamentares a prerrogativa de legislar. Não foram poucas as críticas ao Governo Federal pelo fato de o ministro Marco Aurélio Mello, que não é de Estado, mas do STF, ter liberado os supersalários no Congresso Nacional.
 
Por conta dessa mixórdia, acompanhei acalorada e surrealista discussão no Facebook entre um eleitor do PT e um do PSDB. O primeiro, pasmem, acusava os tucanos por problemas de atendimento no Hospital São Paulo, da Escola Paulista de Medicina: “Vocês estão destruindo a educação, a saúde e as universidades de nosso Estado”. O segundo, pasmem outra vez, não deixou por menos: “Melhor do que vocês que tão colocando a polícia para massacrar os manifestantes nas ruas da nossa cidade”. Dada a sua paixão política, certamente ambos estarão na campanha eleitoral deste ano fazendo os seus gols contra. 
 

Algo está faltando na comunicação...


Os artigos aqui apresentados não necessariamente refletem a opinião da Aberje e seu conteúdo é de exclusiva responsabilidade do autor. 1445

O primeiro portal da Comunicação Empresarial Brasileira - Desde 1996

Sobre a Aberje   |   Cursos   |   Eventos   |   Comitês   |   Prêmio   |   Associe-se    |   Diretoria   |    Fale conosco

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ©1967 Todos os direitos reservados.
Rua Amália de Noronha, 151 - 6º andar - São Paulo/SP - (11) 5627-9090