Busca avançada                              |                                                        |                            linguagem PT EN                      |     cadastre-se  

Itaú

HOME >> ACERVO ONLINE >> NOTÍCIAS >> >Revista Valor Setorial

Revista Valor Setorial reconhece importância da Comunicação Corporativa e celebra parceria

18/11/2011

A revista Valor Setorial sobre Comunicação Corporativa, produzida em parceria da Aberje com o jornal Valor Econômico pelo quarto ano consecutivo, foi lançada nas bancas em 10 de novembro de 2011. A publicação bilíngue (inglês e português) agrupa em 100 páginas a diversidade de pensamento e prática de grandes profissionais brasileiros da comunicação, atuantes em empresas, órgãos governamentais e agências e consultorias.

Na Carta ao Leitor, os editores já revelam o tema que perpassa várias matérias: desde que passaram a fazer parte do cotidiano do mundo corporativo, as redes sociais vêm exigindo mudanças radicais nas áreas de comunicação das organizações. Hoje, já não basta firmar presença, monitorar assuntos e analisar a exposição das marcas e produtos no ambiente virtual. Discute-se como aproveitar o imenso potencial de relacionamento a favor da imagem e dos negócios das empresas. Mais que isto: procura-se a melhor forma de interagir com esses usuários que mudam prioridades e jogam por terra até mesmo as clássicas divisões de público-alvo. Nos bastidores, os responsáveis pela comunicação se armam com estratégias e ferramentas para enfrentar o grande desafio de assegurar bons relacionamentos sem comprometer a segurança da informação.

Na editoria “Tendências”, o raciocínio é direto: troca de ideias valoriza a marca. Fala das empresas que reforçam diálogo nas mídias digitais e extraem dados relevantes que podem mudar o destino dos negócios. Já em “Pesquisa”, o leitor toma contato com resultados de pesquisa conduzida pelo DatAberje, instituto de pesquisa da Aberje, realizada entre 10 de agosto e 1 de setembro de 2011 com 400 jovens universitários dos cursos de economia e administração das principais faculdades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Na parte “Monitoramento”, são trazidas opiniões de profissionais sobre o acompanhamento e análise de informações e comentários nas redes sociais ganhando mais espaço nas agências, fazendo-os manter o olhar atento para proteger a imagem. Matéria intitulada “Relação fica mais humana”, presente na editoria “Mesa-Redonda”, busca reunir os principais insights de uma discussão coletiva com 10 profissoinais sobre como as redes sociais imprimem um tom mais consensual no relacionamento entre empresas e seus públicos-alvo.

 

 

Em “Redes Sociais”, são vários pontos tratados. Uma das matérias fala de organizações que ainda não sabem como ampliar o alcance das novas mídias a seu favor, já que via de mão dupla exige mais cuidado. Já “Estilingue para qualquer vidraça” mostra que seja no Twitter ou no YouTube, notícias boas e más se multiplicam sem controle e o desafio é responder rapidamente. O terceiro texto neste tema aborda o contato direto com o público e com a imprensa dando apoio para ação policial no Rio de Janeiro.

A editoria “Público Interno” reúne duas contribuições. Primeiro abre espaço para debater o convívio do bom e velho quadro de avisos com redes sociais e intranets para valorizar o papel dos colaboradores; e depois analisa o papel das redes corporativas ganhando relevância como plataforma de contato com o mundo. Na seção “RI” também são dois conteúdos complementares, trazendo estratégias de relacionamento diferenciadas que traduzem as informações financeiras para o público interno, e ainda o uso do Twitter como ferramenta para levar dados econômicos ao mercado.

Em “Fornecedores”, é a vez das histórias de grupos de açúcar, etanol e celulose procurando aumentar a qualidade da comunicação com os elos de suprimentos em busca de melhores relações no agronegócio. Já “Indústria Automobilística”, a Fiat supera a geografia e cria espaço para aproximar seus fornecedores em Minas Gerais. A parte de “Comunidades” conta sobre áreas de comunicação dos megaprojetos dando prioridade ao contato pessoal com os públicos afetados, e também traz o bom relacionamento com o público do entorno das estradas da CCR e Univias, valorizando a imagem corporativa.

Na seção “Relações Governamentais”, o leitor pode compreender a defesa de interesses de forma transparente buscada por empresas e entidades de classe em torno da regulamentação do lobby. A matéria “Ação local, estratégia mundial” é o texto da editoria “Multinacionais brasileiras”, procurando entender a cultura, os hábitos e as leis dos países como base da comunicação no exterior. Este mesmo espaço destaca ainda ações contra crises, tendo como base a informação rápida e clara.

Em “Fusões e Aquisições”, a revista analisa a estratégia das empresas que se unem, levando em conta muito mais que a soma de duas culturas dentro de um diálogo que faz toda a diferença. Para “Sustentabilidade”, foi reservada uma matéria sobre a necessidade de transparência que aumenta interesse por publicações que adotam o modelo GRI e integram indicadores. Já “Capacitação” dá foco nas mil faces de um novo profissional, onde o mercado exige capacidade e formação multidisciplinar para atender a necessidades cada vez mais complexas.

A Valor Setorial ainda aborda “História Empresarial” e o texto contem dados de companhias que desenvolvem ações vinculando seus valores a projetos sociais, mais do que celebrar evolução de negócio.

A revista fé uma parceria da Aberje com a unidade de  Projetos Especiais do Jornal Valor Econômico, dirigida por Rosvita Saueressig Laux, iniciada em 2008 e que já produziu outras três publicações. Acesse a versão digital aqui. As versões anteriores podem ser consultadas no site da Aberje, seguindo este link.

2922

O primeiro portal da Comunicação Empresarial Brasileira - Desde 1996

Sobre a Aberje   |   Cursos   |   Eventos   |   Comitês   |   Prêmio   |   Associe-se    |   Diretoria   |    Fale conosco

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ©1967 Todos os direitos reservados.
Rua Amália de Noronha, 151 - 6º andar - São Paulo/SP - (11) 5627-9090