Busca avançada                              |                                                        |                            linguagem PT EN                      |     cadastre-se  

Itaú

HOME >> ACERVO ONLINE >> NOTÍCIAS >> >Cultura

BNDES apoia com R$ 5,2 milhões produção de três novas séries de TV

29/05/2015

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 5,2 milhões para apoiar o plano de investimentos da Boutique Filmes, de São Paulo. Os recursos serão aplicados em pesquisa, desenvolvimento e produção de três projetos audiovisuais, dos quais uma série de animação infantil e duas séries de ficção.

Também serão apoiados outros investimentos do plano de negócios da empresa, incluindo a estruturação da equipe de desenvolvimento (núcleo criativo), capacitação e marketing. A participação dos recursos do BNDES é de 35% dos investimentos totais.

O financiamento está no âmbito do Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura (BNDES Procult), contribuindo para a geração de propriedade intelectual brasileira, por meio do registro de novas obras audiovisuais, personagens, marcas e formatos, e para o fortalecimento de empresa nacional inovadora de pequeno porte.

Está em linha também com o Programa Brasil de Todas as Telas, do Governo Federal, que prevê um conjunto de ações para o desenvolvimento do setor audiovisual brasileiro. A metade do valor do apoio é não-reembolsável, com base no Artigo 1º da Lei do Audiovisual.

Os recursos do BNDES, reembolsáveis, contemplam R$ 1,3 milhão na modalidade Procult – Inovação. Essa modalidade é voltada exclusivamente a projetos que desenvolvam conteúdos para novas plataformas e de caráter transmídia. Também são contemplados nessa modalidade ativos geradores de propriedade intelectual, para a criação de novos personagens, marcas ou formatos com potencial de geração de receitas, derivadas de licenciamento ou outras formas de rentabilização de direitos.

O projeto faz parte da estratégia da produtora de explorar a oportunidade de aumento da demanda por conteúdo audiovisual independente, impulsionado pela Lei 12.485/2011, conhecida como Lei da TV Paga. Embora relativamente recente entre as produtoras nacionais (foi fundada em 2012) a Boutique Filmes possui sócios com ampla experiência no setor audiovisual A produtora hoje trabalha com canais como HBO, FOX, Discovery Channel, Globo, History Channel, Universal, Gloob, Discovery Kids, Cartoon Network, entre outros.

O apoio do BNDES reforçará a estratégia da empresa de investir no desenvolvimento de histórias e de criar séries que explorem novos gêneros e formatos, capazes de gerar propriedade intelectual para a empresa, e projetos televisivos exportáveis.

Entre os projetos financiados estão as duas primeiras temporadas da série de animação infantil “SOS Fada Manu”, que contará com 26 episódios de 11 minutos cada. A primeira temporada estreia em breve no Gloob, canal de TV por assinatura da GloboSat. O BNDES já possui um histórico de sucesso no apoio a séries de animação, com destaque para títulos como “Peixonauta”, “Amigãozão” e “Show da Luna”. Além disso, estão duas inéditas produções de ficção, incluindo uma série de ficção científica no formato live action, voltadas para o público adulto, a serem anunciadas em breve.

Cadeia Produtiva – O BNDES apoia com instrumentos financeiros reembolsáveis e não reembolsáveis todos os elos da cadeia produtiva do audiovisual, desde a produção de conteúdo até a infraestrutura das produtoras, passando pela construção e modernização de salas de cinema e estúdios e o apoio a festivais de cinema. Nos últimos anos, o setor ganhou impulso extra com a obrigatoriedade de uma cota mínima de conteúdo nacional nos canais de TV fechada, em função da Lei 12.485/2011.

Desde sua criação, em 2006, o BNDES Procult já financiou 13 carteiras de projetos audiovisuais, além de outros investimentos do plano de negócios de pequenas e médias produtoras brasileiras, no valor total de R$ 64 milhões. O BNDES Procult oferece financiamentos de longo prazo a todas as cadeias produtivas da economia da cultura e vem sendo aperfeiçoado para oferecer condições de crédito mais adequadas a produtores de conteúdo audiovisual, distribuidoras, programadoras, exibidoras, empresas de infraestrutura e equipamentos. O apoio total ao setor audiovisual desde 2006 soma R$ 494 milhões.

1395

O primeiro portal da Comunicação Empresarial Brasileira - Desde 1996

Sobre a Aberje   |   Cursos   |   Eventos   |   Comitês   |   Prêmio   |   Associe-se    |   Diretoria   |    Fale conosco

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ©1967 Todos os direitos reservados.
Rua Amália de Noronha, 151 - 6º andar - São Paulo/SP - (11) 5627-9090