Busca avançada                              |                                                        |                            linguagem PT EN                      |     cadastre-se  

Itaú

HOME >> ACERVO ONLINE >> NOTÍCIAS >> >Revista Valor Setorial

Fusões agitam o mercado das agências de comunicação

25/12/2014

Grandes grupos de publicidade buscam parceiros para cobrir várias frentes de atuação no Brasil. Setor movimentou RR$ 2 bilhões em 2013. Por isso, pode-se dizer que o mercado de agências de comunicação nunca esteve tão agitado. De um lado, há pressão por parte dos clientes em transferir para a agência a tarefa de passar seu recado para públicos diversos. De outro, ao ganharem musculatura e mercado, sobretudo na última década, as agências passaram a atrair grandes grupos nacionais e estrangeiros. É inevitável que aconteça um processo de consolidação agora.

Este é mais um dos temas abordados pela revista Valor Setorial sobre Comunicação Corporativa, produzida em parceria da Aberje com o jornal Valor Econômico pelo sétimo ano consecutivo. A publicação bilíngue (inglês e português) agrupa em 92 páginas e foi encartada no final de novembro para assinantes. A matéria “Fusões agitam o mercado” é assinada por Érica Polo.

Das mil agências de comunicação corporativa que operavam em 2008, 600 chegaram a 2013. O mercado mais enxuto já é resultado dos movimentos de fusões e aquisições, avaliam executivos da área. É verdade que outro fator também colaborou no período: a crise global de 2008 acabou afetando as pequenas agências. Sobre estes e outros pontos-de-vista, foram entrevistados Francisco Brandão, presidente da FSB; Carlos Henrique Carvalho, diretor da Abracom; Angélica Consiglio, presidente da Planin; José Schiavoni, CEO da S2 Publicom; Paulo Andreoli, presidente do MSLGroup; João Rodarte, fundador e presidente da CDN; e Kiki Moretti, CEO do Grupo InPress.

O tema tem continuidade com o texto “Ação integrada com os clientes”. O papel mais estratégico das agências requer novas competências e maior conhecimento dos negócios para oferecer novos serviços. Nos últimos cinco anos, o avanço da tecnologia abriu o leque e surtiu efeito transformador para os negócios. Se as antigas assessorias de imprensa lidavam com um ou dois canais de contato, agora precisam trabalhar um universo maior de público. São consultados Everton Schultz, diretor de Comunicação Digital da S2 Publicom; Beth Garcia, fundadora e diretora-geral da Approach Comunicação Integrada; Angélica Consiglio, presidente da Planin; Yacoff Sarcovas, CEO da Edelman Significa; Renata Asprino, VP de Atendimento da Máquina PR; Beatriz Imenes, sócia-diretora da Planin; Flávio Castro, sócio-diretor da FSB; e Andrew Greenlees, vice-presidente da CDN.

 

AUDIOVISUAL – Vídeos corporativos valorizam a cultura das organizações e trabalham o relacionamento das empresas com seus públicos. Sob este preceito foi construída a matéria “Produtos saem de cena”, de Jacilio Saraiva. Ele pontua que filmes produzidos para a internet estão dominando a pauta das produtoras de vídeo especializadas em audiovisual corporativo. Há um crescimento na demanda de peças feitas especialmente para plataformas como o YouTube, enquanto mudanças na concepção dos roteiros são cada vez mais visíveis. Falam sobre o assunto Renata Brandão, diretora executiva da Corp, núcleo digital da produtora Conspiração; Hugo Godinho, CEO da VBrand, agência do grupo InPress Porter Novelli especializada no tema; Felipe Toledo, diretor executivo da Manacá Filmes, produtora do grupo CDI; Erick Monstavicius, diretor e produtor da Cinemátika Filmes; e o consultor Eloi Zanetti, diretor da Escola de Criatividade de Curitiba/PR.

Acesse a versão digital aqui. Todas as edições anteriores podem ser consultadas no site da Aberje, seguindo este link.

1230

O primeiro portal da Comunicação Empresarial Brasileira - Desde 1996

Sobre a Aberje   |   Cursos   |   Eventos   |   Comitês   |   Prêmio   |   Associe-se    |   Diretoria   |    Fale conosco

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ©1967 Todos os direitos reservados.
Rua Amália de Noronha, 151 - 6º andar - São Paulo/SP - (11) 5627-9090