Busca avançada                              |                                                        |                            linguagem PT EN                      |     cadastre-se  

Itaú

HOME >> ACERVO ON-LINE >> COLUNAS >> COLUNISTAS >> Erika Pessoa
COLUNAS


Erika Pessoa


Relações Públicas formada pelo Centro Universitário Newton Paiva, tem especialização em Marketing e concluiu o Curso Internacional de Comunicação Empresarial, realizado pela Universidade de Syracuse em parceria com a Aberje. Erika tem 20 anos de experiência e atuação na área de Comunicação e há 10, fundou a Pessoa. Relacionamento com Conteúdo - agência de Relações Públicas que, em sua trajetória, já atendeu mais de 100 clientes em todo Brasil. Sua expertise em atuar em rede levou a desenvolver de forma personalizada as estratégias de posicionamento de comunicação, marca e reputação de cada cliente da empresa e a desenvolver um sistema de gestão e mensuração de resultados, o Entre A Gente, hoje registrado no INPI. Desde 2002 a empresa possui uma unidade em São Paulo (Capital).

Marcas em forma de objetos: brindes como estratégia de relacionamento

              Publicado em 26/02/2016

 

 

 

O que é um brinde? Um presentinho que você entrega para seu cliente? Se você ainda enxerga um brinde como um presente, está na hora de repensar suas estratégias de comunicação. Um brinde é, em sua essência, o conteúdo, propósito e conceito da sua empresa transformado em um objeto e, por isso, deve ser encarado como uma estratégia de marketing de relacionamento.

Para escolher um brinde é mais importante entender primeiro o objetivo dessa estratégia de marketing de relacionamento: o que quero causar em quem vai receber meu brinde? Quero que entenda o conceito da minha empresa? Nosso propósito? Quero que conheça um novo produto ou serviço do meu negócio? Quero fazer o cliente me visitar? Ou quero que ele se lembre de mim por um longo período? Quero fidelizar meus clientes atuais ou captar novos?

Traçado o objetivo inicial da empresa, está na hora de partir para a segunda fase: entender  quem é seu público, seu perfil. Isso vai ajudar a identificar o objeto que mais se  alinha ao interesse de seus stakeholders. Lembre-se sempre: seja quem for, seu público é gente. E pessoas, independentemente de classe social, gostam de ser surpreendidas.

É comum pensar: mas o público  x tem tudo. Será que tem? Então saia da caixa. Crie algo exclusivo de seu negócio e que fale por si só. Algo que tenha conceito somado à utilidade certamente vai gerar uma comunicação com profundo envolvimento e share. Sua marca será lembrada. Aqui vale um lembrete: o brinde mais caro não é exatamente aquele que vai impactar mais seu público.

Quer um exemplo?  Há alguns anos atrás, nossa empresa estava completando aniversário de 8 anos consolidada no mercado: um sonho realizado. Essa essência nos fez criar um conceito para compartilhar com nossos clientes: queríamos que eles entendessem o quanto esse sonho significava pra gente e, ao mesmo tempo, queríamos mostrar criatividade e personalização (valores que tem a ver com nossa essência). Pronto! Criamos um brinde para os clientes inspirados na música do Clube da Esquina “Porque se chamava homem, também se chamava sonhos, e sonhos não envelhecem”. Criamos uma campanha chamada Sonhos não Envelhecem convidando nossos parceiros e clientes a sonharem conosco. O brinde que acompanhava nossa mensagem? Um delicioso sonho de padaria com um convite ao nosso público a  fazer como a gente: abocanhar seus sonhos também.

Resultado: sinergia perfeita. Dos 400 brindes entregues (aqui preferimos chamar de mimos), recebemos, entre telefonemas, sms e e-mails, um retorno de 82% de comentários sobre o material. A maioria ficou impactada com a mensagem e escrevia que já tinha abocanhado seu sonho também. Aceitaram nosso convite para sonhar. O conceito foi semeado e a semeadura deu fruto.

Então, esqueça a velha canetinha ou o bloquinho já batido. Se vai dar de presente um lápis, crie um conceito em torno dele. Se um bloco, transforme-o em algo com a verdadeira utilidade. Um cartão de Natal ou Ano Novo num calendário de mesa que ficará junto ao seu público o ano todo. Crie brindes com propósito e relacionamento estratégico, surpreenda seu público e veja sua marca ser lembrada com o entusiasmo que ela merece!


Os artigos aqui apresentados não necessariamente refletem a opinião da Aberje e seu conteúdo é de exclusiva responsabilidade do autor. 2342

O primeiro portal da Comunicação Empresarial Brasileira - Desde 1996

Sobre a Aberje   |   Cursos   |   Eventos   |   Comitês   |   Prêmio   |   Associe-se    |   Diretoria   |    Fale conosco

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ©1967 Todos os direitos reservados.
Rua Amália de Noronha, 151 - 6º andar - São Paulo/SP - (11) 5627-9090